Devoção do Mês de Junho

Décimo quarto dia

O que o Sagrado Coração de Jesus pede aos homens

O Coração de Jesus deu-se e entregou-se inteiramente a nós. Seu Coração, eis a fontes de seus dons, de seus benefícios, e o princípio de seus favores. O que deseja de nosso reconhecimento? Uma só coisa: nosso coração; quer coração por coração.

Perguntou, um dia, Nosso Senhor à Santa Ludgarda o que desejava dele: "O que desejo e quero - respondeu ela - é o Vosso Coração". Replicou-lhe o suavíssimo Salvador: «Pois Eu quero antes o teu». É na verdade digno de admiração que o Coração de Jesus, fonte de todos os bens, não cesse de solicitar o homem, como se não pudesse prescindir dele. O que lhe pede? Seu coração: Filho, dá-Me o teu coração... Converte-te a Mim... Jerusalém, lava o teu coração, apaga as manchas que te envilecem... Amarás o Senhor de todo o teu coração.

Tem o Coração de Jesus necessidade de alguma coisa? E se assim fosse, é por ventura o coração do homem capaz de aliviar-lhe a sua indigência? Que tesouro, pois, ocultamos nós debaixo deste montão de cinza para que Jesus por ela seja tão ansioso? Ah! é porque o coração é o princípio de todos os dons, e o que realça os outros. Jesus não avalia tanto o que Lhe damos, mas o coração com que Lhe damos. Ele é cioso de nosso coração: um só olhar, uma só elevação desse coração para Ele, é bastante para arrebatá-lo; é que nada pertence tanto a Jesus como esse coração, conquista sua: Jesus é um Rei guerreiro e generoso que se compraz em dar batalhas e alcançar vitórias. Ora, só o coração lhe resiste; ganho o coração, tudo ganho está. Por isso empenha sua glória em vencê-lo, apoderando-se deste, constitui Seu reino, Seu céu, Seu paraíso sobre a terra.

Custa-Lhe este céu muito mais que todos os outros; não Se contenta com uma palavra para adquiri-lO, diz São Bernardo; compra-o pelo preço de Seu sangue e vida.

O que procura Jesus sobre o feno da manjedoura? O que solicita com suas lágrimas e gemidos? Um coração que o queira amar.

O que procura na Palestina, correndo de província em província? O que pretende com tantos trabalhos e suores? Ganhar o coração dos homens e fazer-se amar.

O que procura na Cruz? No Santíssimo Sacramento? O que busca, enfim, oferecendo aos homens deste século Seu Coração, por último extremo de amor? Procura corações, e entretanto não acha quem O contente. Olha para a terra, considera todos os homens, e entre essa prodigiosa multidão de corações que se dão aos que amam, apenas um aparece que se afeiçoe inteiramente à Sua bondade (Nouet).

 

 


O divino Salvador disse a Santo Ângelo de Foligno: «Se alguém me quisesse receber em sua alma, Eu de bom grado acederia a tal desejo; se alguém quisesse ver-Me, Eu Me mostraria com júbilo; se alguém quisesse entreter-se Comigo, Eu lhe falaria com afabilidade, pois caras Me são as almas que Me amam, e se Eu achasse alguma que Me amasse com mais estremo do que os Meus Santos de outrora, e fizesse iguais maravilhas, Eu lhe concederia mercês ainda mais insignes».

Prática

Consagrai cada ano uma semana, e todos os meses um dia, unicamente destinados a recobrar as forças espirituais de vossa alma no retiro.

Oração jaculatória

Ó Coração de Jesus que me procurastes quando eu fugia, fugireis agora que Vos busco?

3 vezes:
Divino Coração de Jesus, tende piedade de nós.
Coração Imaculado de Maria, rogai por nós.

Devoção do mês de junho