Devoção do Mês de Junho

Vigésimo quarto dia

Devoção dos Santos ao Sagrado Coração de Jesus

Ninguém há tão pobre que não tenha um lugarzinho para morar. As aves têm ninhos e as raposas covis, como disse Nosso Senhor; não convém, portanto, que só o cristão esteja sem domicílio, errante e vagabundo no mundo. Onde poderá ele fixar-se melhor do que no Coração de Jesus, que é mais augusto, magnífico e santo do que todos os palácios dos monarcas?

Os Santos bem o sabiam; tanto assim, que nele estabeleciam sua habitação. Santa inveja tinha São Boaventura do ferro da lança que nos abriu a entrada deste dulcíssimo Coração, e dizia que se em lugar dela houvesse estado, jamais teria saído deste sacrossanto asilo. "Se me quiserdes achar", escrevia Santo Eleazer a Santa Delfina, "procurai-me na chaga do lado de Jesus Cristo; aí é que eu moro".

Diz Lansperge: "Aprendei a estanciar nesta chaga; se gostais de repouso, é ele o tálamo da esposa, semeado de açucenas e rosas. Se quereis lograr êxito de vossos bons desejos e anelais produzir boas obras, é ela o ninho da pomba. Se apeteceis recolhimento, é ela o retiro do pardal solitário. Se lágrimas e suspiros vos agradam, é aí que a rolinha faz ressoar seus gemidos. Se andais acossados pela fome, aí achareis o maná do céu que cai no deserto: se estais sequiosos, aí encontrareis a fonte de água viva que brota do Paraíso e se entorna aos borbotões no coração dos fiéis.

Não receieis serdes mal recebidos; pois não deveis ignorar as carícias que faz o Filho de Deus aos que o honram. Convida-os a descansar docemente junto ao Seu Coração, à imitação de São João; mostra-lhes Seu lado aberto, como a São Tomé, e fá-los beber nesta fonte" (Nouet).

Diz São Bernardo: "Aproximai-vos de Jesus, exultai, e transportai-vos de alegria com a lembrança de Seu Coração. Oh! como é bom e delicioso habitar nesse Coração!

Adorarei e louvarei o nome do Senhor nesse templo, nesse Santo dos Santos, nessa Arca da Aliança, dizendo com Davi: 'Achei um Coração para orar a meu Deus, e este Coração é o de meu Rei, meu Irmão, e meu dulcíssimo amigo Jesus'.

Tendo encontrado este Coração, que também é o meu, oh dulcíssimo Jesus!, eu Vos adorarei, Deus meu! Recebei minhas súplicas nesse santuário de propiciação: atraí-me todo para esse Coração, oh Jesus!, mil vezes mais belo e amável que todas as formosuras da terra, lavai-me cada vez mais das minhas indignidades, purificai-me de meus pecados, para que de vós possa aproximar-me, e habitar em vosso Coração todos os dias de minha vida".

 

 


Nosso Senhor revelou a Santa Margarida Maria que São Francisco de Assis estava particularmente unido a Seu divino Coração, e que especial poder tinha para dEle obter graças. São Francisco de Sales durante sua vida habitava no adorável Coração de Jesus, onde o repouso não podia interromper suas maiores ocupações.

Prática

Se não podeis ir, a exemplo dos missionários, pregar em longínquas terras, podeis ao menos inspirar o amor de Jesus Cristo a vossos amigos; é vossa missão. Sois obrigados a instruir vossos servos. Deus pedir-vos-á conta das suas almas. Estas funções, conquanto pouco brilhantes, são, todavia, muito meritórias.

Oração jaculatória

Ditosos habitantes dos Céus, que tendes patente o Coração de Jesus, e que o amais sem partilha, nem temor de inconstância, alcançai que eu o conheça, e como vós o ame para sempre.

3 vezes:
Divino Coração de Jesus, tende piedade de nós.
Coração Imaculado de Maria, rogai por nós.

Devoção do mês de junho