Devoção do Mês de Junho

Trigésimo terceiro dia

Do zelo que Jesus espera daqueles que Lhe são consagrados, em espalhar por toda a parte a devoção ao Sagrado Coração

Não basta ter-se grande devoção ao Sagrado Coração. É preciso exercitá-lo com desvelo, o que pouco vos custará, se o amais: a prova menos equívoca do amor é o zelo. Quem zelo não tem, amor não sente, diz Santo Agostinho: Qui non zelat, non amat.

Quais são, porém, os meios de exercitar o zelo? Conheço três que estão ao nosso alcance. O primeiro é o exemplo; dai o de terna devoção ao Sagrado Coração de Jesus, é esta a mais curta e eficaz das lições. O segundo é recomendá-la e fazê-la conhecer aos que a ignoram; conservá-la e aumentá-la nos que dela já têm algum princípio. O terceiro, o mais seguro e fácil, é rogar com fervor a esse Sagrado Coração que se faça conhecer e amar por essas luzes e toques secretos que iluminam e transformam os corações.

Ninguém pode escusar-se de empregar tão fácil expediente; os Santos bem sabiam qual o poder da oração sobre o Coração de Jesus nas empresas de zelo; por isso, nunca deixaram de uni-la às suas pregações, lembrando-se do que diz São Paulo: "não é aquele que planta, nem o que rega, mas só Deus é quem dá o incremento".

Conta-se de um Padre da Companhia de Jesus que nunca pregava sem que houvesse passado três horas em fervorosa oração, acompanhada de muitas lágrimas.

Um irmão coadjutor da mesma companhia, interrogado por um Padre acerca dos meios de que lançava mão para ganhar tantas almas a Deus em seu cargo de porteiro, respondeu: "Aos homens dirijo uma palavra e cem a Deus..." Sirvamo-nos do mesmo recurso e resultado igual alcançaremos.

Oremos, e se nossas culpas nos tornam indignos de sermos os instrumentos de que Jesus Cristo se queira utilizar para fazer conhecer Seu Coração, peçamos-Lhe que nos substitua por outros.

Supliquemos-lhe que envie à Sua messe apóstolos de Seu Coração que, compenetrados das vantagens dessa devoção, consagrem-se a aumentá-la e propagá-la.

Oremos, sim, oremos, tudo é prometido à oração. Uma alma santa perguntando a Deus por que motivo neste século corrompido não suscitava alguns desses Santos cujo zelo quase que transforma o mundo, teve por resposta: «Não oram bastante».

 

 


Ajuntemos aqui as magníficas promessas de Jesus Cristo àqueles que se empenham com zelo em fazer conhecer Seu Coração. Diz Santa Margarida Maria: "Nosso Senhor descobriu-me tesouros de graça e amor para as pessoas que se consagram e sacrificam a tributar, e fazer tributar, a Seu Coração toda a honra, amor e glória que esteja ao alcance delas, mas tesouros tão grandes que me fora impossível exprimi-los". E: "Nosso Senhor revelou-me que em Seu Coração adorável estão escritos, sem que jamais se apaguem, os nomes de muitas pessoas, por causa do desejo que têm de fazê-lo amar e adorar".

Prática

Empregai parte de vossas economias em comprar grande número de livros e estampas do Sagrado Coração, e esforçai-vos por espalhá-los. Os maus acham sempre fundos e capital para propagar livros corruptores; deixaremos-nos sobrepujar por eles?

Oração jaculatória

Ó Coração de Jesus, possa o zelo de vossa glória devorar-me! Zelus domus tuae comedit me! (Sl 68,10)

3 vezes:
Divino Coração de Jesus, tende piedade de nós.
Coração Imaculado de Maria, rogai por nós.

Devoção do mês de junho